Bem, já que isso aqui virou mesmo um diário, vamos lá:

Como disse que faria, pintei o cabelo hoje e resolvi cortar também pra ver se diminuía o calor e se tirava as pontinhas castigadas pelo cloro da piscina... Ficou bem bonitinho.


Eu tinha trauma de cabelo curto porque "quando eu era criança pequena lá em Barbacena" (é só pra não perder a piada!), minha mãe não podia notar um centímetro (tá, é exagero!) a mais no meu cabelo que já mandava passar a tesoura e por conta disso e por eu não usar brincos, as pessoas achavam que eu era um menino. Cresci e comecei a mandar no tamanho do meu cabelo, mas ele era um desastre ambulante e vivia feio, armado e ressecado. Como Deus existe, a adolescência passou e ele foi tomando prumo de um cabelo mais ou menos decente depois de um tratamento aqui, outro ali. Até que hoje nós vivemos em paz, apesar da tintura e da natação três vezes por semana. Agora o tenho preferido curto por questão de estética visual e porque dá menos trabalho, gasta menos shampoo e demais cremes necessários.

O ensaio de hoje foi bom, mas faltou mais da metade do pessoal. Não quero ser pessimista, mas do jeito que a coisa tá indo, sei não... Amanhã tem ensaio de novo. Espero que pelo menos terça, que será no teatro para delimitar espaço, ajustar som etc, o povo todo compareça porque esse ensaio será o único no local da apresentação.

2 Entra aí!:

Lou disse...

Pintar e cortar os cabelos é muito bom, né? Eu também tinha uns traumas com o meu, mas não porque minha cortava ele, ao contrário, deixava super comprido! E, como era ressecado e a gente não sabia muito bem como cuidar, eu nunca usva ele solto, só se estivesse de escova. Depois de uns tratatamentos e cortes pra estruturar o dito cujo, eu uso solto com muito mais freqüência que antes. E pinto também. Adoroooooo!!!

Estou até curiosa pra saber que bicho vai dar esse teatro, haha...

Beijos e boa semana!

P.S.: acho que das duas uma: ou a Rô está em coma alcóolico, ou achou um bofe bem interessante e está sem tempo pra essa vida de net.

Sieger disse...

esses ensaios vão render muuuuuuuuuito