Algumas conclusões...

Meus planos de mudança parecem estar dando certo. Aliás, eu mudei muito de uns dois anos para cá. Comecei a ver a vida de uma outra forma e parei de acreditar em injustiça, vítima e acaso, pois as coisas acontecem conforme nosso merecimento em consequencia de atitudes e pensamentos. Tenho aprendido a afastar os maus pensamentos e não me deixar abater pelos problemas que me surgem, apesar de envergar, vez ou outra...

É fácil nos colocarmos em posição de vítimas e acreditar que nossas vidas não dão certo pelas atitudes e vontades de terceiros. Enquanto lamentamos e acusamos os outros pelas nossas infelicidades, a vida passa e as consequencias não são nada agradáveis, já que, sem assumirmos a responsabilidade pelo que acontece conosco, tudo só tende a piorar ou, com um pouco de sorte, continuam do jeito que estão.

Hoje ouvi a mesma mensagem que ouvira terça-feira e estou realmente decidida a seguir o que ela diz: mãos à obra que o resultado será conforme se espera! Sendo assim, vamos em frente. Trabalhar em cima daquilo que tenho como objetivo, empenhando meus esforços para lograr êxito e sem esquecer da árdua tarefa de compreender os dilemas familiares e fazer a parte que me cabe para que tudo seja resolvido.

2 Entra aí!:

Sieger disse...

Mudar é preciso...
To de casa nova no blogspot... não deu mto certo a minha no blogger.com.br
beijos

disse...

Hum...deixa eu ver se entendi...vc está falando de problemas familiares ou do geralzão???Seja lá do que for, ratifico aqui a sua idéia central. Qdo a gente quer uma coisa, tem q se fazer presente atrás dela, tem q empreender esforços, e continuar na incansável tentativa até q se consiga. Tem uma parente aqui em casa, devido a uns rolos que andam acontecendo(rolo é o que não falta por aqui) e ontem ela estava falando algo na cozinha, eu tava por fora da conversa, só peguei a parte q ela dizia que a fé da pessoa move montanhas, mangina coisas menores. Só que a nossa mente é treinada pra se atrofiar e acreditar q tudo a gente não pode, q tem q se conformar, q aquilo é bom demais pra gente, e assim vai...um monte de merda que fizeram a gente acreditar desde sempre....Isso vem de berço, desde cedo nos limitam. O Paulo Coelho tem um blog no Globo.com, e todo dia ele posta uma parabolazinha, não explica nda, só posta, eu já reclamei isso, hahaha, queria q ele dissessea a opinião dele sobre o q tá postando, mas ao mesmo tempo, eu vejo q cada pessoa q lê aplica um significado às coisas, e acho q justamente por isso, ele não comenta, para abrir o leque de interpretações de cada um. Esses dias eu li um post q era assim: Fulano que tal chegou atrasado para ter com seu mestre e explicou-se: estava tendo com ciclano pq este está passando por um sofrimento grande. Não entendo pq quem não merece sofre. O mestre então, deu tm tapa na cara do aluno e falou: Vc merecia este tapa? O aluno: Não!! Então pq o aceitou??? O aluno de novo: Pq não reagi rápido! O mestre quis explicar que ai estava a resposta à pergunta do aluno sobre o sofrimento. Se vc não o merece, não o aceite, aja rápido, empenha forças para não ser vítima dele. Eu sei que é dificil pra gente agir, pq como vc mesma disse, é mto fácil e cômodo cruzar os braços e se fazer uma vitima da vida. Mas, temos que agir e reagir e refazer tudo isso qtas vezes forem necessárias. Dize que há 2 tipos de pessoas no mundo, aquelas que vieram para fazer história e aquelas que vieram para ver a vida passar. Não sejamos as do segundo tipo, vamos tentar e morrer nem q seja tentando...
Deve tá cheio de erro, escrevi com pressa.
Kisses