Certa tarde em uma livraria...



Sinceramente, tem dias que sair de casa deveria ser proibido por lei.
Todo mundo tem seus dias de cão e para obter um pouco de prazer, não resiste a umas comprinhas básicas...e quase sempre são compras das quais você se arrepende amargamente.

Pois bem, há uns 3 ou 4 meses, estávamos eu e meu dia de cão passeando pelo shopping quando de repente, meu irmão e minha cunhada decidem entrar em uma livraria. Olhei daqui, olhei dali e me deparei com um livro que me chamou a atenção (livro esse que vc já deve desconfiar qual seja...rs). Pior do que um dia de cão é quando ele tem o bicho homem e suas cretinices por motivo exclusivo...Peguei o livro, li o resumo, olhei o preço, e folheei algumas páginas.

Enquanto fazia aquilo, meu lado racional logo protestou: "não é possível que você esteja pensando na possibilidade de comprar esse livro!" E meu lado irracional tratou de retrucar: "e por que não? Afinal de contas, o que você tem lido ultimamente é código disso, código daquilo, direito isso, direito aquilo...É preciso uma cultura inútil, de vez em quando, pra relaxar. Essa "discussão" durou vários minutos até que finalmente me rendi ao meu lado irracional.

Título do livro: O que toda mulher inteligente deve saber - como lidar com os homens com sabedoria e conseguir o amor que você merece (Seteven Carter e Julia Sokol). Comecei a ler no mesmo dia, tamanha era a curiosidade de saber o que de bom poderia extrair dele. Como era de se esperar, os autores enumeram várias coisas que uma mulher inteligente deve saber, mas esquecem de mencionar duas, que deveriam ser as principais: toda mulher inteligente sabe que esse tipo de leitura não vai solucionar seu problema e que, para aprender a lidar com os homens não é suficiente conhecer experiências alheias, mas sim prestar atenção em suas próprias e tentar aprender com elas.

Deixo claro que não comprei o livro pensando que ele me daria uma fórmula mágica para conseguir um relacionamento, mas sim pela simples curiosidade de saber os pontos abordados. E realmente, não traz fórmula alguma, mas as histórias relatadas me fizeram ver que não sou só eu ou você que passa por certas situações...Várias e várias mulheres atraem homens cretinos, que não querem compromisso, que não aceitam uma mulher independente e que, mesmo sendo inteligentes, essa qualidade não faz com que elas vejam o óbvio quando estão apaixonadas, até porque paixão e razão não andam juntas. Ao perceber isso, você deixa de se sentir a última das criaturas e pára de pensar que tudo só acontece com você.

Além dessas constatações, essa leitura me rendeu boas risadas porque eu me vi em muitas das situações ridículas que são relatas e também porque há várias frases engraçadas, como essas:

"As mulheres inteligentes sabem que...

Se ele diz que sua ex-mulher tentou atropelá-lo, é bem provável que um dia você venha a desejar que ela tenha conseguido;

Não importa o quanto você é maravilhosa. Existem homens que podem deixar você ou qualquer outra mulher enlouquecida - estes não são homens que você deveria se importar de perder."
Mas então, será que eu agi como uma mulher inteligente ao comprar esse livro? Talvez sim, talvez não...ou quem sabe eu tenha descoberto que toda mulher inteligente sabe que não é inteligente exigir inteligência em determinados momentos da vida...

Ps.: Além deste, comprei outro livro cujo título é: O acaso não existe. Mas isso é uma outra história...

1 Entra aí!:

Sieger disse...

Segredo, mas eu adoro ler esse tipo de livro!
Eu to lendo: "Pare de amar errado".
Esses livso nao falam nada de novo, mas são engraçados e interessantes!