Até que ponto?


Essa semana ocorreu um fato que me deixou impressionada. Há uns 2 meses, mais ou menos, uma mulher recém chegada a Aracaju me adicionou no orkut, dizendo que era nova na cidade e queria conhecer pessoas daqui. Pareceu-me uma pessoa bastante comunicativa e agradável. Trocamos alguns scraps, ficamos de nos falar pelo msn, mas depois disso não tivemos mais contato.

Há uns doi ou três dias, vi seu perfil logado e fui dar uma olhada. Para minha surpresa, ela tinha escrito um desabafo por uma coisa ruim que teria feito com um casal que conhecia. Os dois mantinham um relacionamento à distância, já que ele mora aqui e a outra pessoa mora no RJ. No scrap, a citada "amiga" escreveu que se apaixonara pelo rapaz, sem que ele tenha feito nada para que isso acontecesse. Com a intenção de destruir o relacionamento desse rapaz, ela contratou uma garota de programa para se infiltrar na vida do casal e isso acabou os separando. Ela afirmou estar muito envergonhada pelo que fez e pediu perdão a ambos.

Até aí, tudo bem. Li esse desabafo e achei uma história horrível, sem saber que coisa pior estaria por vir...Questão de um ou dois dias depois, fui de novo visitar o perfil da pessoa citada e me deparei com um scrap escrito pelo rapaz por quem ela se apaixonara (como ele não tem orkut, segundo ele, utilizou-se do perfil de um amigo) em que ele dizia que ela havia tirado sua própria vida, mediante a ingestão de vários comprimidos e veneno para rato. A partir desse momento, a história ficou mais terrível ainda e eu me recuso a acreditar que isso seja verdade. No scrap, ele deixou um número de telefone para quem quisesse mais informações, mas não tive coragem de ligar.

Mesmo sem conhecê-la, continuo impressionada com tudo isso. Começo a questionar o que se passa na cabeça de uma pessoa para destruir a vida dos outros e depois a dela própria...Até que ponto alguém é capaz de ir para conseguir aquilo que deseja sem que depois tenha estrutura emocional para suportar as conseqüências? Será isso resultado de inconseqüência, egoísmo, mania de competição? Seja lá o que quer que tenha sido, não compensou...ela semeou a infelicidade do casal e a dela mesma, pois a pior desgraça que um ser humano pode fazer é tirar a própria vida, achando que é o meio mais fácil de resolver seus problemas...não sabendo que isso lhe trará problemas ainda maiores...

Se tudo isso for mesmo verdade, desejo que ela encontre a paz, que consiga perdoar a si mesma por esse momento de fraqueza. Se não foi, fica aí um motivo para que as pessoas reflitam sobre seus atos.

That's it!!!

1 Entra aí!:

disse...

Que trash!! Mas o pior é q existem pessoas assim mesmo, elas são completamente desestruturadas e por qq coisa não medem as consequencias, e qdo se trata de campo afetivo então...essa deveria ser uma pessoa ultra carente e invejosa...Nossa, tomara q uma pessoa desse tipo nunca se aproxime de mim, acredito q nesse pto tenho até sorte, pois apesar de ter vários amigos virtuais, maioria é de longa data e nuna demonstraram esse tipo de desequilibrio.