Filhos...

É engraçado como a gente volta a repensar conceitos que tínhamos na adolescência. Eu mesma sempre disse que não queria casar, nem ter filhos e continuo com o mesmo pensamento em relação ao "crescei e multiplicai". Pode-se dizer que também continuo sem pretensão de casar, formalmente falando. Pra mim, casamento é muito mais que alianças trocadas; papéis assinados e cerimônia religiosa, é estar disposto a compreender; renunciar; respeitar; conviver, coisas que só quem ama verdadeiramente consegue administrar.

Hoje quero falar sobre filhos. Depois que completei trinta anos, às vezes me pego pensando em família, filhos etc, embora acredite que não tenha vocação, nem paciência para ser mãe. Esses repentes vêm sempre que me deparo com crianças calmas e educadas, como Sofya, minha sobrinha emprestada ou quando vejo bebês lindos e fofos como a "sombrinha" (palavras dela...hahaha) de Rô. Mas logo desisto quando vejo uns monstrinhos mal educados, mal criados e endiabrados, que são a grande maioria e que ficam assim geralmente por culpa dos pais.

Quarta feira me aconteceu um episódio irritante lá na academia onde faço natação: um menino de mais ou menos cinco anos estava batendo as portas dos armários e, não contente com isso, começou a querer abrir os boxes onde tomamos banho e chegou até onde eu estava. Tomei um susto quando ele começou a forçar a porta. Depois começou a perguntar se tinha gente, abaixou-se, tentou olhar por debaixo da porta e colocou a mão dentro e ficou tateando. Juro a vocês que tive vontade de dar um pisão na mão daquele moleque ousado.

A mãe, que tinha sido minha colega na faculdade, falava: "Vitinho, mamãe vai te dar umas palmadas!" E Vitinho pintando o sete lá no vestiário.

Eu já acho um absurdo esses guris entrarem no vestiário das mulheres. Uma coisa é eles com as mães, outra bem diferente é eles com outras mulheres se trocando. Por isso passei a trocar de roupa dentro do boxe.

Assim que saí, fui reclamar na recepção e a pessoa disse que não era a primeira reclamação que recebia dele e disse que se continuar, vai proibir a entrada dele lá. Eu, sabendo disso, vou virar reclamante assídua do pestinha sempre que ele aprontar. Isso se eu não der uns gritos nele na frente da mãe mesmo. Afinal, quem quer sair com feras, deve levá-las na coleira!

Em razão disso, deixo aqui um poema do "poetinha camarada" Vinícius de Morais:

Poema Enjoadinho

Filhos . . . Filhos?
Melhor não tê-los!
Mas se não os temos
Como sabê-lo?
Se não os temos
Que de consulta
Quanto silêncio
Como os queremos!
Banho de mar
Diz que é um porrete . . .
Cônjuge voa
Transpõe o espaço
Engole água
Fica salgada
Se iodifica
Depois, que boa
Que morenaço
Que a esposa fica!
Resultado: filho.
E então começa
A aporrinhação:
Cocô está branco
Cocô está preto
Bebe amoníaco
Comeu botão.
Filhos? Filhos
Melhor não tê-los
Noites de insônia
Cãs prematuras
Prantos convulsos
Meu Deus, salvai-o!
Filhos são o demo
Melhor não tê-los . . .
Mas se não os temos
Como sabê-los?
Como saber
Que macieza
Nos seus cabelos
Que cheiro morno
Na sua carne
Que gosto doce
Na sua boca!
Chupam gilete
Bebem xampu
Ateiam fogo
No quarteirão
Porém que coisa
Que coisa louca
Que coisa linda
Que os filhos são!

11 Entra aí!:

Rodrigo Brower disse...

Uma responsabilidade muito grande colocar um ser no mundo, criar, educar, orientar na vida. E a maioria não pensa nisso, a maioria não pensa nisso e no resto, a maioria não pensa..Nos dos blogs, dos textos, das letras, que ainda nos perdemos nas reflexões da vida, no pensar..ai ai..ou estamos muito certos..ou muito loucos hehehe Bjss

andreia inoue disse...

filhos eu queria ter,mais nao eh a prioridade absoluta na minha vida agora,assim como vc fico me desmanchando quando vejo um educadinho,fofinho,mais quando vejo uns esperneando,berrando e xingando Deus e o mundo,tenho vontade de dar umas palmadas!!!
mais como diz o vinicios,filhos para que te-los?mais se nao te-los,como saber...

disse...

hahahahahahahahahahahahahaha

tá braba hein fia?

Intaum, a minha sombrinha, pelo q to sabendo, por hora, só dorme e morre de preguiça; a única hora q abre o berreiro é para tomar banho (mas tdo bem, como disse minha irmã, só poderia ser sobrinha de Henrique - q é um tio meu, falecido - q mesmo depois de véio gemia debaixo de água). Bom, então sendo assim, acho ela uma graciiiiiiinha, mas se começar com mto trik trik, sei naum viu...vamos ver como se cria.
Concordo plenamente q esses demônios sem freio são fruto dos pais, todo vez q um pequeno taz aprontasse, a mãe e o pai deviam tomar umas lapiadas bem boas pra aprender a por cabresto nas crianças, pq mto pai por ai acha q joga um maço de dinheiro e tá tdo bem...por isso q o mundo tá essa porcaria. Vi na Veja unas dias atrás uma reportagem sobre a juventude q está se formando e na mão de quem estará o país daqui umas décadas e é de alarmar, pq BASICAMENTE, são consumistas e pragmáticos em excesso, (pragmática, tb me pego sendo ás vezes, mas nem chego no rastro), lhes faltam valores e estrutura dentro das familias, sendo assim, imagine só o que vai ser. Quero nem pensar...
Ah, to pensando em trocar meu template tb, mas já deu erro pra tdo qto é lado, vejo q estimulo, hehe.

Bjo

disse...

ah, PS: AMO VINICIUS (os 2 vinicius, haha - piada interna)

disse...

como assim cores do links ilegiveis?
to vendo elas certinho aqui...

qto a sua pergunta do progresso, esse é 1 assunto a parte, q eu nao comento, haha.

exoticlic.com disse...

não sei se meu pensamento mudara mas agora eu não quero nem casorio nem filhos

Sandra Timm™ disse...

Pede pra mãe do Vitinho deixa-lo uma semana comigo...

Mauri Boffil disse...

Ai, tenho vontade de ter outro filho... futuramente

Lou disse...

Vontade é uma coisa que dá e passa. Por isso, nas poucas vezes que tenho vontade de ter filhos, ela passa. É uma loteria: tanto vc pode ter um filho educado e bonzinho quanto uma peste que ninguém suporta.

E, sinceramente, não estou muito a fim de arriscar, hahaha...

Além do mais, com tanta gente no mundo, acho que o melhor seria adotar uma criança, e não fazer mais uma.

Mas, enfim, sou meio rabugenta com essa coisa de criança. Adoro crianças espertas e educadas, mas daí a querer ter uma é outra história muuuuuuito diferente!

Ontem no shopping tinha várias crianças fazendo a maior zona no elevador e a mãe se limitando a fazer cara feia. Ai, me poupe, essas mães hoje em dia são muito frouxas... Eu tinha dado logo umas palmadas bem dadas, ido embora e colocado todos de castigo.

Tá vendo, nada pedagógica, hahaha...

Beijos

Tom disse...

Oh, puxa... eu sonho em ter uma filha - meninas são mais ligadas aos pais! ^^
Por ora, o objetivo é conseguir um ÓTIMO emprego pra sustentar uma boca extra, né?
Dica: chame a galera da academia pra reclamar de Vitinho, cada uma por vez - não vá entrar em conflito com a mãe dele... quem sai perdendo é sempre quem não é genitor...
BEIJOOOO!!!

日月神教-向左使 disse...

AV,無碼,a片免費看,自拍貼圖,伊莉,微風論壇,成人聊天室,成人電影,成人文學,成人貼圖區,成人網站,一葉情貼圖片區,色情漫畫,言情小說,情色論壇,臺灣情色網,色情影片,色情,成人影城,080視訊聊天室,a片,A漫,h漫,麗的色遊戲,同志色教館,AV女優,SEX,咆哮小老鼠,85cc免費影片,正妹牆,ut聊天室,豆豆聊天室,聊天室,情色小說,aio,成人,微風成人,做愛,成人貼圖,18成人,嘟嘟成人網,aio交友愛情館,情色文學,色情小說,色情網站,情色,A片下載,嘟嘟情人色網,成人影片,成人圖片,成人文章,成人小說,成人漫畫,視訊聊天室,性愛,正妹牆,情色視訊,愛情小說,85cc成人片,成人貼圖站