"Por que será..."

Bem, depois desse tempo todo falando tanto, voltou a fase do silêncio. Isso se deve também ao fato de eu não estar lá muito bem, ultimamente. Tenho praticamente trocado o dia pela noite. Quando não prego o olho, o sono é agitado demais e acordo exausta, de mau humor e de mal com o mundo. Tenho tentado não descontar isso nas pessoas e até tem dado certo. Respiro fundo, analiso os pensamentos ruins que me vêm na hora e acabo evitando discussões desnecessárias. Em outros tempos eu já soltava os cachorros, sem pena. Claro que ainda não consegui a paciência plena, mas pelo menos melhorei um pouco.

Ontem foi aniversário da minha "sobrinha emprestada" e hoje a gente vai fazer uma festinha pra ela aqui em casa (mais comilança...). Dessa vez o pai encomendou uns doces, salgados (ano passado ele estava viajando e a gente que teve que se virar pra organizar as coisas); comprou
refrigerantes, brindes para as sacolinhas e mais um monte de coisas. O tema será o Ursinho Pooh, com direito a máscara, chapeuzinho, vela e toalha de mesa.

Vou confessar uma coisa: pelo menos até agora, não estou nem um pouco a fim de ver a casa cheia de menino gritando e correndo pra lá e pra cá, nem de seus acompanhantes (pais, tios e afins). Mas quem sabe meu humor muda daqui pra lá...

Lembram do "sapinho de estimação"? Pois é, apareceu de novo, assim, como se nada tivesse acontecido. Não sei por que ele teima em me fazer acreditar em uma amizade que ele mesmo sabe que não existe. Não que eu não queira ser amiga dele, mas ele simplesmente não permite que isso aconteça e me mantém sempre distante de sua vida. Apesar de termos vivido um relacionamento totalmente maluco e que, de certa forma ainda se arrasta, sei muito pouco sobre ele e quando tento me aproximar, não encontro espaço. Ao mesmo tempo, ele não deixa eu me afastar a ponto de romper os laços definitivamente e gostaria muito de saber o porquê. Ai, ai...

Deixo essa musiquinha pra gente hoje:



Bom domingo.

4 Entra aí!:

andreia inoue disse...

festinha eu adoro,e o poof por essas bandas domina,em toda lojinha de brinquedo eh um tantao de poofs q tem,eu prefiro o tigrao,acho o poof taooooooooo exageradamente meigo,hahah...
e ainda bem q vc consegue dominar o seu mal humor,esses dias eu tive uns rompantes q nem me reconheci,tensao deixa a gente assim fora de controle ne?
espero q tudo de certo,e com certeza estar cercada de pessoas vai te fazer bem,pelo menos em muitos casos resolve comigo,quando to estressada ou parto para a net ou dou uma saidinha para desestressar e nao soltar os cachorros em quem nao merece,super super beijao.

Lou disse...

Eu sei que a gente tenta ficar arrumando uma explicação boa para os sapos que insistem em nos manter em suas vidas, apesar de não quererem nadica com a gente. Mas, eles são os famosos: "não fodo, mas também não saio de cima", com o perdão da rudeza do enunciado, mas é bem por aí. Sai fora desse sapo.

Sobre a festinha, esquece da criançada e dos pais e foca nas lembrancinhas e nas comidinhas que seu humor melhora! Vai ter cachorro quente? Nenhum cachorro quente do mundo é melhor do que cachorro quente de festa de criança, hahaha...

Bem, melhoras aí para o seu humor...

Beijo!

Mauri Stern Boffil disse...

Moniquinha, vamos caçar sapos e jogar sal na costa deles?

byfranzao disse...

amore...so passando pra dar um bjo em vc......boa semana