Comédia da vida privada, parte III

Ando meio sem assunto e com preguiça de filosofar ou escrever textos bonitinhos, então vou contar um fato que ocorreu esse domingo, mas é preciso que eu conte uma historiazinha antes:

Aqui na rua em que moro tem uma cidadã que me faz ter vergonha de ser mulher. Daquelas que andam semi nuas, pintam cabelo de loiro quase branco e se acham o máximo quando qualquer homem abre a boca e diz: gostosa! Pois bem, essa mesma cidadã tem um "amigo" que é como um "tio" para ela. Esse "tio" lhe dá celular moderno, dinheiro para comprar comida e a leva a qualquer lugar a qualquer hora, basta que ela o chame.

O detalhe é: o "tio" só lhe faz esses mimos quando ela está sem namorado porque se ela estiver namorando, ele mesmo manda que ela peça as coisas para o tal que está com ela. Por ironia, o namorado dela também mora aqui na mesma rua e ela já me confessou que ficou com outro em frente à porta do dito cujo enquanto ele estava trabalhando.

Um belo dia, numa época em que ela e o namorado tinham "terminado" (isso acontece direto), ele estava conversando com uns amigos quando ela passou e disse: "Fulano, você é corno! Eu coloquei ponta em você na porta da sua casa!" Ele, tão seguro de si que é, disse: "Você é doida, Fulana, você nunca me colocou ponta, deixa de brincadeira!" É por isso que eu digo que a chave da felicidade, em certas situações, é a ignorância...

Mas, voltando ao "tio", esse domingo ele apareceu por aqui e eu nunca o tinha visto e estava curiosa pra ver como ele é. Pois bem, estávamos eu, minha mãe e uma amiga/vizinha conversando na porta quando surge esse tão bondoso "tio" de seus 50 e tantos anos. Ele desceu do carro e quando chegou ao portão do prédio, nós três ficamos paradas olhando pra ele que, por sua vez, não entendeu nada do que estava acontecendo. Quando me dei conta do que nós tínhamos feito, corri pra dentro de casa e comecei a rir de tamanha cara de pau e indiscrição. Como pode? Coisa horrível!!!


************
Como era de se esperar, o resultado do concurso foi o pior possível. Mas quem manda não estudar? Bem feito!!! Nem classificada para a correção da redação eu vou ser, pelo andar da carruagem. Mas enfim...

************
Vivian, já que você quer tanto ver meus cabelos vermelhos, aqui estão. Gostou?




Bem, é isso. Até mais.

5 Entra aí!:

byfranzao disse...

Fiquei com medo desse tiooooooooooooo!!!!!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Te amo amô...bjocas

exoticlic.com disse...

essa sua vizinha é a mulher interesseira em pessoa hein!!!

quanto a foto to com vontade de ser ruiva tbm.

Lou disse...

A mulher é safada e o tio é trouxa. Se merecem.

Adorei a cor do cabelo, juro que sempre imaginava outro tom de vermelho quando vc falava.

Beijo!

andreia inoue disse...

ola monica querida,essas comedias da vida privada a gente sempre acaba conhecendo,por aqui tambem ta cheio de velhinho otario e de garotinha que adora uns trocadinhos faceis,como dizem,cada um tem o que merece,entao o veio e a loura belzebu se merecem ate demais,hahaha...
beijaoooo!!!!!!!!

A Língua Nervosa disse...

Eu acho que todo homem que fica mais velho...vai ficando meio safado demais sabe!!! Eu detesto isto! Acho nojentoooo!!!
E a menina..nem se fala...ave ave!!!


Monica!!
E o cabeloooo!!! Que cor linda!!! Arrasouuuuuuuu...vai abalar corações por ai!! :) beijusssssss