Vida inteligente (?) na madrugada.

Esse é o slogan do programa Altas Horas pelo qual eu tenho um certo apreço, já que as entrevistas costumam ser interessantes e regadas a boa música. Pois bem, depois do dito chá de panela e da conversa com a minha amiga, que por sinal me deu o bolo hoje, fiquei sem sono e fui assistir ao programa.

Ao ligar a tv vi que estava sendo entrevistado somente o jogador Ronaldo (o fenômeno). Fiquei vendo na esperança de ele chamar outros convidados e tornar a coisa mais interessante, mas não, era só ele. Tudo por causa da sua volta ao futebol brasileiro e por ele ter estreado bem no jogo do Corinthians X Palmeiras (ainda bem que acabou empatado, por sinal). Mas enfim, preferências por times à parte, até que fiquei surpresa com a desenvoltura (embora pouca) do rapaz ao responder as perguntas.

Em dado momento alguém perguntou de que forma ele encara sua volta por cima e ele respondeu que tudo que passou a fazer para voltar a jogar não foi para calar a boca de ninguém, mas sim porque gosta de jogar; que o futebol é sua vida. Tudo bem que para escolher sua profissão a pessoa deve buscar vocação e talento e não questiono isso em relação a Ronaldo, mas, o fato é: o que será dele e de sua família se ele não se esforçar para continuar no futebol? Por que, até onde eu sei, ele não tem qualquer outra formação que o capacite para outra coisa, além do que, as pessoas que passam anos e anos em cadeiras de faculdade, pós graduação, mestrado e doutorado geralmente não ganham nem a milésima parte do que ele ganha por mês. Então eu pergunto: seria ele doido de jogar isso fora tendo talento de sobra para a coisa?

Outra pergunta que fizeram foi sobre os escândalos em que ele já se envolveu, mais indiretamente sobre o episódio dos travestis. Ele respondeu que por trás (sem trocadilhos) do atleta existe um ser humano passível de erros e de acertos e que ninguém deve julgar suas atitudes e comportamentos. Sinceramente, não sei se eu, ao ver noticiado e comprovado aos quatro ventos que meu futuro marido estivera com dois travestis, teria a capacidade de pensar que errar é humano e aceitá-lo de volta. Nada contra a orientações sexuais diferentes da minha, mas se você prefere homem, amigo, eu também prefiro. Então, você segue seu caminho que eu sigo o meu e todo mundo fica feliz, simples assim.

No mais, a coisa ficou repetitiva e chata, pois eram praticamente as mesmas perguntas e todo mundo a babar o ovo do cara, dizendo que ele é o máximo etc e tal, enfim, só encheção de bola e puxação de saco. Finalmente, Serginho chamou Tadeu Schmidt e quando eu pensei que o programa tomaria outro rumo, eis que ele também começou a inflar o ego do jogador. Aí eu desisti e fui dormir...

Só para constar, não tenho nada contra jogadores de futebol, nem contra Ronaldinho. Apenas acho um absurdo o dinheiro que eles ganham (quando atingem a fama, obviamente). Concordo que é uma oportunidade para aqueles que não encontram outros caminhos a seguir, mas entendo também que é um desrespeito com aqueles que trabalham de sol a sol; aos que passam anos estudando para se enquadrar nas exigências que o mercado exige para cada profissão e por aí vai. Ou talvez essa seja uma visão limitada e preconceituosa da coisa.

**Um super beijo pra vocês (Lou, Andreia, Adlianny e Mauri - os mais assíduos, ultimamente) que sempre leem com carinho e atenção as coisas que escrevo por aqui. Fábio, obrigada pela visita e volte sempre.

Uma semana abençoada pra todos nós.

8 Entra aí!:

disse...

ê fia, eu sempre passo pelos blogs espiar o q vces tão escrevendo, mas nem sempre comento.
qto ao Ronaldo, o q vai ser dele e da familia? TUUUUDO! Simplesmente pq ele não sabe mais onde enfiar dinheiro e pq mesmo q ele nao jogue, ele ganha uma grana preta com publicidade e se nao me engano, tem contrato a perder de vista com a NIke, portanto,ele poderia se dar ao luxo de se aposentar. Esses dias li não sei onde q inclusive, ele falou q acha q vai terminar a carreira no Corinthians...Ele não tá nesse time por nda além de 2 fatores: 1) pq acho q ele mesmo quis, 2) pq ofereceram algo mt bom pra ele, tipo assim: a gente quer o seu nome, isso é bom pro time, vai dar uma moral ferrada pra gente, mas vc não precisa nem jogar. Mas acho q ele joga pq quer.
É tipo uma roupa de grife, vc compra a roupa, mais pelo nome dela, do que pela utilidade, se é q vc me entende...e nesse sentido, o Ronaldo deve ser a grife do timão.
E vc acha q com o prestigio e o dinheiro q esse cara tem, ele lá quer saber de quem precisa ficar anos ralando no banco da facu? Hahaha, nem eu ia querer.
Ah, e além da hist do contrato com a NIke, acho q ele deve ter grana aplicada alem de empreendimentos por ai....esse cara só saiu daquela vida de barrigudo tomando água de coco a bordo do iate pq era do interesse dele, não por necessidade.
e vc é loca de perder sua madrugada assistindo ele, não curto esse jogador....
Bom, vou passando por ai de vez em qdo, mesmo q nao escreva nda.
Abração e vamo q vamo

disse...

ah, mudou o layout hein? hehe
ficou bunitim...

disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mauri Stern Boffil disse...

Êbaaaaa! tem beijo pra mim! Vivaaaaaaaaa! Ai, nem vou lavar o rosto...

andreia inoue disse...

ainda bem que nao assistir,geralmente eu olho no youtube,adoro o serginho desde o tempo do programa livre no sbt,sem falar do jo,
mais sinceramente,ronaldinho ja nao consigo engolir,como ele falou,o ser humano esta sujeito a errar,mais no caso dele foi mais que erro,foi burrice elevado a mais alta potencia,tipo:o cara podre de rico tem condicoes demais de fazer algo bem feito e ninguem ficar sabendo,...mais vou deixar ele de lado,nao quero gastar meu tempinho falando dele,
e concordo contigo na questao financeira,eh merecido que os jogadores ganhem bem,claro,mais o que eles ganham ja é uma baita humilhacao para nos que trabalhamos tanto!!!
e brigada pelo beijinho,adoreiiiiii!!!!
beijaooo.

Adlianny disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Adlianny disse...

Oieee Mônica, menina eu tbm me arrisco a assistir o programa do Serginho, quando chego de algum lugar ou quando o sábado à noite não flui em nenhum sentido uhauahuhau.
Pena que vc não teve sorte com os entrevistados, pq quase sempre quando vejo tem um povo bem legal. Não vou muito com a cara do Ronaldinho,mas nem tem como não ficar sabendo de tudo que envolve o cara, ele vira mesmooo notícia onde chega, eu fico mesmo pensando quando vou ganhar metade da metade da metade que ele ganha, daí prefiro parar de pensar, pq senão vou largar meu curso e entrar numa escolinha de futebol kkkkkkkkkkkkk não mesmo...
Ainda bem que vc foi dormir...

Menina quanto a minha história com esse gato, tem muitos capítulos já uhauahuhauhauha já até ficamos e tudo. Ele é um fofo e super atencioso...

Pena que tua amiga te deu bolo, eu encontrei o meu,ele dormiu aqui em casa,mas já foi,viajou pra o Pará hoje cedo...já fiquei só com a saudade, espero que vc encontre logo a sua amiga.

Gente adorei o beijo pra mim, tô me sentindo aqui, amei mesmo.
Super beijo pra vc tbm Mônica querida e uma semana perfect para todos nós.

Lou disse...

Opa, que menção honrosa no post, brigadu!

Eu acho que o Ronalducho deve mesmo gostar de jogar futebol. Afinal, ele pode estar meio decadente, mas já ganhou tanto dinheiro que poderia viver só dos lucros dos investimentos. Não precisaria se arriscar a voltar a jogar se não gostasse de verdade.

De qualquer forma, não gosto de futebol, nem presto muita atenção no assunto, exceto em época de Copa do Mundo e quando ouço foguetes insuportáveis comemorando a vitória do nojento Galo. Fora isso, nem dou bola.

Por isso, nem tenho muito como opinar. Mas, que no Brasil a maioria quer ser jogador de futebol ou atriz/modelo/dançarina/cantora, ah, isso quer.

Ah, e não gosto muito do Altas Horas, não...

Beijão!