Não resisti...

E aí, pessoinhas queridas, como passaram o sábado? O meu foi legalzinho e cumpri toda a programação que deixei aqui ontem. Só ajeitei o corte, sem alterar o tamanho do cabelo porque ao menos dá pra prender na hora de colocar a touca da natação. Dormi a tarde toda e fui ao niver à tardinha. Estava tudo muito bem organizado. O tema da festa era Branca de Neve. A menina estava uma graça, parecia uma princezinha (como é bom ser criança...). Tomei uma taça de vinho (será que vai me deixar de ressaca também?) e comi e comi e comi...

Mas não resisti a quê? Não, não foi aos doces. Não resisti em colocar aqui uma música que também ando ouvindo na nova novela das 18h e hoje um vizinho pôs pra tocar por aqui e acabei ficando com ela na cabeça, pra variar. Chama-se Nada Normal, de Victor e Leo. O vídeo é péssimo, só fica com a foto do disco, mas foi o único que prestava dentre os outros que vi:



Não, eu não estou apaixonada e ultimamente está difícil me apaixonar por alguém. Perdi a confiança nos homens (já que estou falando de paixão), não acredito mais que possa encontrar um relacionamento do jeito que procuro: com amizade; cumplicidade; companheirismo; alguém pra dividir as alegrias e as tristezas, para ir ao cinema; à praia; para ficar em casa, sem fazer nada, enfim... Está tudo tão descartável. As mulheres viraram bonecas infláveis (elas também têm uma grande parcela de culpa nisso!) que eles pegam, jogam na cama, viram para um lado, para outro e sacodem para lá depois. Não consigo me adaptar a essa alta rotatividade. Apesar de desacreditada, meus sentimentos não me deixam agir como um animal no cio (ainda bem!) e vou seguindo a vida até achar um ET como eu que procure as mesmas coisas...rs

Mas tá bom! Ando falando pelos cotovelos, ultimamente.

Bjs e bom domingo!

4 Entra aí!:

andreia inoue disse...

gostei desse post,realmente hj em dia esta dificil de encontrar um parceiro cumplice e que de quebra aprecie ficar em casa curtindo filminhos abracadinhos sem segundas intencoes,mais pode acreditar que nao eh impossivel,existe homens legais sim,encontrei o meu e sei q vai pintar o seu,tambem para se ter toda intimidade so o tempo junto ne?
e concordo com vc quando fala q hj os homens tambem estao assim por culpa das mulheres,muitas estao futeis demais,querem direitos iguais so para as partes boas,no mais querem nem saber,
mudando de assunto,adoro festas infantis,festas de todo tipo,estar no meio de pessoas,rodeada de musica e comidinhas deliciosas,hummm...vidao heim?hahah...beijaoooo.

disse...

e aeee fia!
tinha visto q vc trocou o layout, ficou uma gracinha, mas como no dia não comentei, deixei economizado p falar agora.

Eu amoooo essa musica do Victor e Léo e ela se encaixa perfeitamente comigo, haha.

Aliás, adoro Victor e Léo, esse cd eu tenho antes de ter saido na loja, baixei pirateado, de primeira mão.

Percebi q vc e Lou estão num lamento sem fim, affffffffff, se benzam viu? Como diz o ditado: o q é do home o bicho não come. Corram atras do q vces querem. Qual das 2 tá fazendo isso?

Bisous

Mauri Stern Boffil disse...

Quero o cd em espanhol deles!!! AAAAAA!

Lou disse...

Monks, não me leve a mal, mas não vou ouvir a música porque odeio música sertaneja e também não gosto da novela das 18h, tá?

Adorei o layout, adoro coruja, ficou muito fofo!

Estou doidinha querendo cortar o meu cabelo, mas agora que aprendi a fazer trança embutida fico com dó...

Sobre os homens, todas as vezes que eu fico meio desesperada, penso nas minhas experiências traumarizantes com o sexo oposto e a vontade passa. Se for pra arrumar qualquer coisa, prefiro nada. E tenho dito.

Beijão!