Mistério resolvido + algumas coisinhas.

Finalmente meu irmão encontrou o bendito cartão de memória. Onde estava? Na mochila em que ele carrega o notebook, mochila essa que eu peguei, sacudi pra lá e pra cá, olhei nos bolsinhos e nem vi sinal do bicho. Mas enfim, o que importa é que eu não terei que comprar um cartão de memória para o celular da minha mãe.

Hoje é um dia daqueles que, se eu pudesse, ninguém via minha cara. Deve ser a minha amiga TPM. Mas exatamente nesses dias as pessoas lembram que eu existo, principalmente quando querem resolver problemas jurídicos. Estava eu saindo da acupuntura (quase pedi ao médico pra ficar lá deitada na maca, dormindo o resto do dia...) quando o meu celular toca:
- "Mônica?"
- "Sim..."
- "É fulano, ex marido de cicrana, tá lembrada de mim?"
(pensei: realmente hoje não é o meu dia!)
- "Sim, diga aí."
- "É que beltrana conseguiu a guarda provisória da minha filha e eu não fui comunicado disso. Eu te pego onde pra gente resolver isso?"
(Como assim, te pego onde? Conhece a pergunta: "você está livre agora pela manhã e pode me acompanhar até o fórum?")
- "Eu estou na rua (tava de bermuda e camiseta, ou seja, seria lindo pra minha cara aparecer no fórum assim) e ainda preciso ir a vários lugares."
- "Então quando você estiver disponível, liga pra mim."
- "Ok"

Algum de vocês, que nem sabe de quem se trata, ligou? Pois bem assim fui eu! Esse povo só me liga assim, como se eu fosse paga pra estar à disposição e nem questionam se eu estou ocupada, ou não. Se fosse um caso de vida ou morte, tudo bem, mas só porque a mãe conseguiu que ele visse a filha só aos finais de semana ele ficou nesse desespero? A menina não é mal tratada, nem nada. Além do que, eu percebi que ele está fazendo tanta questão somente por implicância e eu tenho mais o que fazer do que atender caprichos de marmanjo com orgulho ferido. Poupe-me!

Quando chego em casa, recebo o recado que teve uma pessoa a minha procura sem nem me avisar que viria. Ai como essas coisas me cansam... Que eu saiba, só amigos e parentes podem aparecer assim na nossa casa sem avisar, estou errada?

Depois dessas, espero poder relaxar daqui a pouco na natação porque hoje eu tô um nojo de chata e ainda encho o saco de vocês...rs

4 Entra aí!:

Lou disse...

Eita povo folgado!
Eu nunca apareço na casa dos outros sem avisar, nem de parente. Sei lá, não gosto de incomodar...
Que bom que achou o chip, hein?
Beijão

Adlianny disse...

Bom mesmo que conseguiu encontrar o cartão de memória e resolver esse mistério.
Menina que cara folgado, qm ele pensa que é? Detesto gente assim espaçosa, mas na minha vida sempre aparece esses sem noção.
Ainda bem q vc tava num dia desses,pq aturar a chatice desse cara te deixaria assim de qualquer jeito, ainda bem q ficou sem ele uhauahuahuhauhauhauhaua.
Esse povo que aparece sem avisar então, owww raça unida, tem sempre um. Ngm merece.
Espero mesmo q vc tenha conseguido relaxar, tôcom uma pilha de textos da faculdade pra colocar em dia e minha vida tá um porri aff, nem natação me aliviaria.
E vc não enche a gente aqui, adoramosss de paixão saber de vc.
Beijooo grande e se cuida.

ps.: vou mesmo explorar mais meu MP7, espero que ele permita.

andreia inoue disse...

gente folgada e sem nocao o mundo esta lotado,e infelizmente assim como voce,tenho chama para eles,geralmente quando alguem me procura depois de milenios do nada e toda melosa ou meloso,ja sei que boa coisa nao é...digo,boa coisa para mim,para eles é sim,ahahah...e o pior é que aquele ditado esta certissimo,se voce der uma mao,eles querem o braco e assim sucessivamente,e se vc nega uma unica vezinha,vc ja nao presta,
mais vou parando de falar tanto,e para finalizar,fiquei feliz de vc ter encontrado o bendito chip,uma despesa a menos ne?
beijaoooooooo!!!!!

Mauri Stern Boffil disse...

Jesus, sempre é assim! Esse povo abusa as vezes