Concurseiros.com

Acho que 99,99999% das pessoas, hoje em dia, almejam a estabilidade que um concurso público oferece. Eu mesma estou nessa desde que entrei na faculdade, mas nessa fase, ou se estuda pra uma coisa, ou pra outra. Mas foi por concurso que consegui estágio na Justiça Federal daqui. Tudo bem que me chamaram já no finalzinho do curso, mas valeram a pena as experiências jurídicas e pessoais que vivi.

Também já fui aprovada em dois concursos que fiz depois que saí da faculdade. Um deles teve o prazo expirado sem que eu pudesse ser chamada e o outro foi prorrogado por mais dois anos, aí, quem sabe, serei convocada. Enquanto isso, entre uma crise existencial e outra (coisa que vocês sabem que são constantes), eu estudo e faço umas provas. Na maioria das vezes, por minha culpa, minha máxima culpa (já que não vinha seguindo um bom ritmo de estudo), as tentativas não dão certo. Quando muito, chego bem perto, o que me dá mais raiva de mim ainda.

Mas enfim, isso tudo era só pra comentar que entrou uma mulher na minha turma da natação porque daqui a um ano, provavelmente, sairá o edital do concurso para a Polícia Federal e o teste de esforço físico (que inclui natação) é uma de suas etapas. A criatura fica na matança, tentando ser veloz e aprender a técnica, já que nunca nadou. Conversamos e ela disse que já está cansada de estudar pra concurso. Isso porque voltou a estudar tem uns 3 meses, imagina quem estuda há anos, sem intervalo (o que não é o meu caso, mas também já estou cansada...).

Falando em natação, sugeri um amigo secreto na páscoa e espero que seja melhor do que o que fizemos no natal, já que, no fim, só 4 pessoas participaram...

A professora queria que nós, 5 mulheres, fizéssemos uma competição com o único homem da turma e, detalhe, ele é um desastre completo na piscina. Tem épocas que ele some e quando acho que realmente se convenceu de que não tem talento para nadar, eis que reaparece...rs. A teatcher já nem sabe mais o que fazer pra ele aprender alguma coisa... Pior que às vezes eu vejo que ele fica olhando a gente nadar e penso que se pergunta: "Meu Deus, como esse povo consegue?"

Eu sei que isso não é nada bonito, mas de vez em quando morro de rir com as coisas que ele consegue fazer de errado! hahahaha.

*Pois é, gente, mudei de novo. Tava querendo uma coisa mais clean...rs. Espero que gostem. Esse era um dos layouts que eu tinha visto da outra vez e ficado na dúvida sobre qual colocar.

** Bosta de BBB!

*** Maya com um filho no bucho e se doendo por saber que Haji teve uma noiva antes dela. Ai, ai... Quero só ver quando a outra aparecer por lá.

Até o próximo post...rs.

4 Entra aí!:

Adlianny disse...

Nem fale, acho que a estabilidade de um concurso público é tudo o que há de melhor e é também o sonho e o plano de todos os mortais uahuahauhuahua.
Que legal!!! vc faz estágio na Justiça Federal? Que máximo Mônica, qualquer dia desses quando tiver um tempo me conta mais de vc, de seu trabalho, essas coisas...
Que bom que foi aprovada em dois concursos e tomara que vc seja chamada nesse que espera.
Menina do céu e que homem é esse na sua turma da natação? Tadinhooo, ele deve ficar desesperado por ter que olhar todo mundo com um ótimo desempenho e ele nada, pior ainda pra ele deve ser essa turma inteira dos que sabem ser de MULHERES. uahuahuahuahuahu.

Beijooo enorme Mônica.

byfranzao disse...

OI, amore! Eu estudo psicopedagogia e arteterapeuta.....adorei o texto...bjos

Iolanda Vasconcelos disse...

Tem gente lá na academia se matando de levantar peso para esse concurso da PF.
Ninguém nem sabe na vida quando esse edital vai sair.
Menina, eu sou um péssima nadadora...
kkkkkkkkkk
Descoordenação total.

byfranzao disse...

Acho q é um curso (psicologia) para se fazer depois de uma certa idade, arteterapia é dá hora, melhor que a velha terapia, mas estou fazendo pra mim e nao para ser terapeuta nem nada....