"Recordar é viver. Eu ontem sonhei com você!"

Hoje foi o carnavel dos pequeninos lá na academia e enquanto eu me dirigia ao vestiário depois da aula começou a tocar essa marchinha e lembrei de uns sonhos meio loucos que andei tendo essa semana. Ambos refletem a confusão em que me encontro e um pouco da minha carência.

Primeiro sonhei com o carinha lá do Centro. Tudo romântico, lindo e maravilhoso. E certamente isso se deve ao fato de meu subconsciente não se conformar de eu ter ido àquela missa de formatura ao invés de ir à palestra naquele fatídico dia em que ele estava presente.

O outro foi ontem. Sonhei que o dito professor lá da academia perdia o senso e partia com tudo pra cima de mim, mas sem a parte do romantismo, direto, sem rodeios e sem me dar chance de escapar (como se eu quisesse... ai ai). O cenário era totalmente desconhecido. Tínhamos reunido alguns professores e alunos para um passeio e só lembro que nadávamos em um rio e foi lá que tudo começou, mas nem lembro onde foi parar.

Ao chegar à academia hoje, vejo o cidadão com uma peruca pra dar aula aos guris. Passando pela piscina, olhei pra ele e não disfarcei a cara de "mas o que é isso?!" Ele me olhou e perguntou: "como estou, Mônica?" e eu respondi: "está lindo!", enquanto as entrelinhas queriam falar: "estava melhor ontem, no meu sonho!"

Enquanto isso, na vida real, ainda não estou me sentindo bem e sinto que pelo menos uma gripe há de ser...

Boa noite pra vocês e lindos e morenos sonhos pra mim!

2 Entra aí!:

Lou disse...

Aaaaaaaaaltos sonhos tipo Maia e Bajuan na novela, hein, Monks? Uhu!

Bom pra você, porque eu nem isso.

Acredita que até nos meus sonhos a coisa desanda? Ai, ai.

Beijo!

Mauri Stern Boffil disse...

Uaaaaau, a-do-ro sonhos lindos