Mais Bandeira!

Carinho Triste

A tua boca ingênua e triste
E voluptuosa, que eu saberia fazer
Sorrir em meio dos pesares e chorar em meio das alegrias,
A tua boca ingênua e triste
É dele quando ele bem quer.

Os teus seios miraculosos,
Que amamentaram sem perder
O precário frescor da pubescência,
Teus seios, que são como os seios intactos das virgens,
São dele quando ele bem quer.

O teu claro ventre,
Onde como no ventre da terra ouço bater
O mistério de novas vidas e de novos pensamentos,
Teu ventre, cujo contorno tem a pureza da linha de mar e céu ao pôr do sol,
É dele quando ele bem quer

Só não é dele a tua tristeza.
Tristeza dos que perderam o gosto de viver.
Dos que a vida traiu impiedosamente.
Tristeza da criança que se deve afagar e acalentar.
(A minha tristeza também!...)
Só não é dele a tua tristeza, ó minha triste amiga!
Porque ele não a quer.

(Manuel Bandeira, do livro Meus Poemas Preferidos)

Só para não deixar à deriva. Nenhum sonho devastador, mas tive um sono tranquilo e acordei um pouco melhor. Iniciei um trabalho e, se o sono deixar (e provavelmente não deixará), terminarei umas pesquisas para complementar. Fui visitar minha avó hoje à tarde no hospital. Ela tem problemas respiratórios que se agravam com a mudança de temperatura, mas a situação está sob controle, pelo que vi, e espero que ela possa voltar para casa em breve.


2 Entra aí!:

Lou disse...

Ai, ai... A melancolia do Manuel Bandeira é de cortar o coração, mas eu adoro. É preciso ser muito sensível para expressar em palavras tão bonitas uma situação dessas: amar sem ser amado, deixar o outro fazer gato e sapato da gente.
Melhoras para a sua avó!
Não vou sair com o médico gay, não, é o outro gay, o meu amigo do último post! É tanto gay que vocês se confundem, hahaha... Mas, não sei. Ele é maxi enrolado. E, se depender da minha iniciativa, aí que não vamos sair mesmo. Fico sem-graça, sei lá.
Adorei o "Atcharrombar", kkkkkkkkkkkkkkkkk...
Até que enfim encontrei alguém que também acha a Juliana Paes feia. Que olho esbugalhado é aquele, me explica? Afff...
Sobre a Rô, esse Flavius Augustus... Se não for blefe dela, claro que é cacho, hahaha...
Beijinhos

Mauri Stern Boffil disse...

Ai, cuide bem da sua avó...