"Dia Branco"



Passei o dia lembrando dessa música e pensando em como seria bom poder dedicá-la a alguém ou que alguém pudesse dedicá-la a mim. Mas hoje está tão difícil achar alguém a quem se possa dizer: "se você vier pro que der e vier comigo, eu lhe prometo o sol, se o sol sair...ou a chuva, se a chuva cair..." Estou quase convencida de que pelo menos nessa encarnação, minha panela foi fabricada sem tampa; meu príncipe encantado vem montado em uma tartaruga; já chuparam a metade da minha laranja, enfim...

Meu médico acupunturista virou pra mim com a seguinte pergunta: "você sabe o significado de Mônica?" Eu sabia, mas na esperança de que ele me desse um significado mais animador, falei que não. Ele, com um ar de satisfação quase mórbido, falou: "significa solitária" e passou a me enfiar agulhas e mais agulhas.

Tenho medo de poucas coisas na vida, mas a solidão é algo que me apavora. Olhar para os lados e perceber que não há alguém com quem contar nos momentos alegres e tristes é algo angustiante. Muito embora possa ocorrer de estar cercado de pessoas e ainda assim sentir-se só. Numa época que me deixei influenciar pelo caos sentimental de uma amiga que queria a todo custo uma explicação do além para o término do seu namoro, fui a duas cartomantes. A última delas me disse que o homem que está reservado pra mim não é daqui de onde moro. Pensei: "ah, sim...deve ser de algum outro planeta, pois tenho plena certeza de que não pertenço a esse mundo!"

Acho que está na hora de providenciar uma viagem interplanetária.

Amenidades do dia:

-> Meus dias de natação voltaram a ficar lindamente morenos, mas hoje eu fiz um comentário malvado pra ele... Eu não aprendo mesmo!

-> Vai ter amigo secreto da turma porque uma das meninas vai sair da academia e eu super não queria participar... Mentalizei uma ratoeira dentro de bolsos e carteira para evitar gastos desnecessários!

4 Entra aí!:

disse...

Olha só, temos blog de cara nooooova, to vendo q tem gente q andou copiando os visu alheios né? Hahaha, to brincando, mas o layout do blog em si é bem frakinho, nda melhor do que poder ir dando uma variada. Ainda não vi o vídeo, mas vejo depois, to escrevendo meio correndo pq tenho unha marcada daki a pco e ainda to tomando café. Mas mesmo assim, deu tempo de bisbilhotar um pco aki e ver q vosmice e dona Lu andam trocando idéia, jesus!!! Fiquei em pânico, pq a dona Lu é a pessoa mais cética e mais mal humorada do mundo, dai junto com vc q é mais instável do q dinamite (coisas de libra) e prevejo a merda q vai dar. Eu andei lendo uns comentários de vcês e vcês são umas bestas!!! Uma mais pessimista do que a otra, eu bem vi Dona Lu dizendo q crer nas coisas não dá em nda, CLARO Q NÃO VAI DAR SE VC FICAR DE BRAÇO CRUZADO ESPERANDO CAIR NO COLO, tem q crer e além disso, ir comendo pelas beiradas, como quem não quer nda, todo dia dando uma martelada....Preciso dar uns crokes nas cabeças de vocês, por isso q nda acontece pra vcês, pq vces nao tem pensamento firme nas coisas...Mas isso é papo praotra hora q a hora agora tá correndo. Qto ao mdo de solidão, eu prefiro não pensar nisso, até pq, nesse momento da minha vida, isso não éum problema com o qual me preocupo ainda, tenho meus parentes, amigos, enfim...mas se vc ta falando de solidão relativo a 1 companheiro, eu t digo o seguinte: solidão é um estado de espirito, pq tem mta gente q tá mto bem acompanhad aos olhos de todo mundo, mas q na verdade, não tem companhia de fato, pensa nisso...Talvez vc esteja precisando aprender a se sentir bem e bastante consigo mesma, e não necessariamente precise de 1 companhia. To falando isso, pq é mto perigoso colocar a nossa completude nas mãos de uma outra pessoa, isso é suicidio, arriscado demais...não q eu consigo sempre, às vezes, penso isso q vc, mas não mto, eu tento me educar pra ser bem do jeito q sou...é tarefa dificil, mas quem consegue é digno de admiração. Nós estamos precisando de 2 coisas: 1)tratamento psicologico e 2)entrar pra doutrina budista, dai todos os nossos problemas virarão fichinha. Preciso t contar os babados daqui, mas tá feio de achar uma brecha....vou ver se acho vc on no domingo, pq hj, to ocupadaaaaa demais. Bjo q to atrasada jááá. Fale p Duzim reativar o criador de aranha dele aqui no blog, dai da pra gente fofocar melhor, pq faz tempo q trokei idéia com ele.

Lou disse...

Essa música é mesmo linda!
Eu não sou panela, sou caçarola ou fôrma de pudim. E nenhuma das duas têm tampa, hahaha...
Eu gosto de ficar sozinha, mas tenho medo de perder meus pais, porque são as minhas maiores companhias desde sempre. Nem gosto de pensar nisso, porque acho que no dia que eles se forem, realmente saberei o significado da solidão. Mesmo que eu tenha marido ou filhos, acho que amor de pai e mãe é o único genuíno e incondicional.
A Rô fica falando mal de mim, deixa ela, Sta. "O Segredo", affffffffffffff!!!
Eu sou cética mesmo. Fazer o quê.
Ficou bunitinho o tamplate novo!
Beijo!

Lou disse...

Perdoe os erros de ortografia, sim?
Beijos

Sieger disse...

Mônica solitária não combina com vc...