Estratégias arriscadas.

Um amigo meu casou porque a namorada falou que tomaria injeção anticoncepcional e não tomou. Claro que o plano era engravidar e fazer com que ele casasse com ela. Foi o que aconteceu, mas se separaram antes de a filhinha deles completar um ano.

Lá na academia onde faço natação também houve um caso desse. A namorada de um dos professores disse que estava grávida. Iniciou-se a preparação do casório e no meio do caminho ela "perdeu" o bebê. Como o furdunço já tava pronto mesmo, casaram-se. Pouco tempo depois, ela engravidou. O marido cansou de propagar aos quatro ventos que só casou por causa da primeira gravidez e dava em cima de toda mulher que via pela frente. Hoje, soube que ele desabafou com alguém que não está suportanto a mulher; não queria nem ir à ultrason para saber o sexo da criança; a mulher sempre está doente, que quer tudo do bom e do melhor e bla bla bla.

Fico me questionando: será mesmo que vale a pena fazer de tudo para termos uma pessoa ao nosso lado?

Eu, particularmente, prefiro que um homem fique comigo porque realmente quer, gosta e se sente bem, pois, para dar certo, um relacionamento tem que ser vivido a dois e ainda assim não é nada fácil, imagina quando um dos dois não quer.

15 Entra aí!:

Clara disse...

Isso mesmo Monica o primeiro passo tem que ser o casorio por livre decisão dos dois, e não uma situação forçada ou armada.
Se for assim já começou errado.
tem mais quando vc encontra uma pessoa disposta a enfrentar todos os obstaculos com vc aí sim vale a pena.
beijos linda e boa noite.

Priscila Rôde disse...

A única coisa que nos prende ao outro, é o amor ou qualquer outro sentimento que te faz ser alguém melhor quando estar ao lado do outro. Fora isso, é perca de tempo.

Adlianny disse...

As pessoas tem mesmo que ficar juntas porque se sentem bem uma com a outra, precisam sentir falta uma da outra e não sufocados...
É preciso estar livre, mesmo que com alguém...

Ngm merece esses casamentos forçados, não sei como alguém pode acreditar que de uma coisa assim possa surgir algum fruto bom.
Beijo amiga

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

O que mantém duas pessoas unidas é o afeto.
Sem ele a vida perde o sentido, a essência, a magia.
Uma linda semana para ti.

Liciane disse...

Pois é, acho até que é melhor partir do homem a iniciativa do casamento. As mulheres não devem influenciar... ficar pressionando... O que adianta? depois o cara te trai porque não era bem isso que ele esperava, porque foi pressionado... Blábláblá
PPfff tá doido.
E colocar filho no meio, pior ainda!!!
Quando a gente ama, já é difícil um filho... aquela adaptação... abala de verdade, imagina quando não é amor de verdade! Ninguém aguenta!
E olha, um conselho: não tenha filho logo no início!! Aproveite a vida de casados um pouquinho sozinhos!! Nunca mais será a mesma coisa!!
Nunca ninguém me disse isso, e era só o que a gente queria kkkkkkkkk fazer um filho!! huahuahuahua Depois bateu o terror!! Já era!!!

Beijossss e ótimo findi!

Déia disse...

Aff... nem sei que nome dar a isso.... acho que é enganar a sí própria... "forçar " alguem a fazer algo, por causa de uma gravidez...nunca deu certo e não é agora que vai dar...
Filho nunca fez pai e mãe voltarem a se amar....

Eu tb tô fora... isso que dá a sociedade ficar pressionando a mulherada... Elas piram e perdem a noção...

To lendo um livro : não sou feliz, mas tenho marido... tudo a ver com seu post!
rs

Sou mais ficar só.. do que mal amada!

bj

Bia disse...

Pois é, Mônica... eu também não sou adepta do casamento forçado... credo!

Se a pessoa não me quer, não vale a pena. Estou solteira, e vejo muitos relacionamentos forçados, ou mornos, e não quero isso para mim. Sou a única da família (entre as minhas primas, da mesma faixa etária de idade), que ainda não casou, ou não está noiva... todo mundo pergunta o porquê...rs... acho engraçado, parece que você tem que ter alguém pendurado do seu lado pra mostrar que é feliz, e não é assim.

Eu quero certamente encontrar alguém legal... desde que o sentimento seja recíproco, e a relação, verdadeira. Do contrário, prefiro ficar só. Tudo a seu tempo!

Ah, gostei do seu post anterior... Ana Cañas é uma ótima cantora, também gosto de sua versão de Coração Vagabundo. Não sei já ouviu Mônica Salmaso, é outra cantora fantástica, e não tão conhecida pela mídia.

Bom feriado pra você... grande abraço!

Rafael Belo disse...

o velho golpe da barriga. "Capaz de qualquer coisa" não é boa companhia!QUalquer coisa arquitetada maliciosa e egoisticamente parte de pessoa que pode realmente fazer de tudo sem medir consequências. É uma manipulação amoral ou vias de fato desesperadora, mas prssão da sociedade ´muita dependência da imagem hehe beijos Nikinha. [muita novela kkkk]

E.Suruba disse...

Eu concordo plenamente com vc...de que adianta ter akguém do lado se ele não gosta de vc?

( aperte o alt ) disse...

Fazer de tudo para ter alguém ao lado pode até conseguir que esteja fisicamente ali, mas nunca estará, de fato, presente.

Não vale a pena, definitivamente.

Beijos...!

RITINHA disse...

Quanta coragem fazer algo assim... Amor não é algo que se compra e um filho é um preço muito alto a se pagar, tanto por vc, quanto por ele e principalmente pela criança. Acho que casamento tem que ser algo decidido a dois, com calma e consciência, um filho? Pra mim, só depois! Se aconteceu e o filho veio meio inesperado, há de ser pensar e decidir o melhor, nem sempre o casamento é a saida... sei lá... cada um sabe onde dói seu calo, né?
Beijos!

Junior Silva disse...

Olá

É, comprar o amor está definitivamente fora de cogitação.
Um amor não se compra, nem se fabrica. Simplesmente nasce. Forçar uma situação dessas vai contra à própria natureza humana.

Beijão.

Lou disse...

Eu acho uma BURRICE sem tamanho arrumar filho pra segurar homem porque é ÓBVIO que não segura.
Afffff...
Beijinhos

Sandra Timm™ disse...

Se filho segurasse alguém, não tinha tantosas famílias desfeitas nem tantas crianças pelas ruas.

Pra falar a verdade... nem amor segura ninguém.

O que segura é respeito, esse sim é o principal elemento de uma relação.

E tenho dito.

Elinha disse...

Concordo com vc, só vale ter aguém ao lado se for por vontade, esse negócio de pressão só serve pra afastar o outro ainda mais...