Isso não foi nada.

É engraçado como as pessoas dão valores diferentes às coisas, inclusive a relacionamentos e pessoas. Surge o envolvimento, dá-se importância a tudo que viveu e à pessoa que estava conosco. Depois de tudo passado, o primeiro encontro na rua. Você abre um sorriso de satisfação ao ver a pessoa, mas recebe de volta um sorriso amarelo como se mal se conhecessem.

A partir desse momento, desconfia-se que aquilo foi importante só para você. Passado mais algum tempo, outro encontro e mesmas atitudes. Então vem a certeza de que realmente não foi nada.

15 Entra aí!:

Liciane disse...

Puxa vida... Mas que coisa hein amiga!!
Acho melhor vc se benzer!!

Vc já leu o livro "o poder do subconsciente" ???
É maravilhoso!!!!!!
Se não leu, tenho certeza que vc irá gostar!!
Talvez pelo nome pareça uma baboseira, mas não é.

Beijos e ótima semana!!

Sandra Timm™ disse...

Não necessariamente...

A pessoa pode querer que vc tenha uma noção diferente do que ela sentiu... ela pode ter feito um voto de seriedade eterna após você... pode ser uma crise de timidez... a pessoa é maluca... a pessoa é... sei lá... são tantas coisas! Vai saber o que se passa na cabeça de uma pessoa...

A gente não deve se menosprezar tanto... achar que não fomos nada. Dói, claro que dói ver o outro... pode estar doendo nele também, mas ele nao saber como reagir, ou não querer dar bandeira... sei lá

Acho que tô ficando velha e complacente demais!

Vê se não fica como eu... estou fazendo "voltas" na terapia para nao chegar na ferida (são várias, mas existe aquela quase principal ou uma das maiores). É dificil, mas depois te deixa bem mais forte. Que bom que vc está gostando.

Beijonocê

Elinha disse...

Verdadeeeeeeee
e como a gente se sente mal quando vê isso acontecer...
mas, o que nos resta é ir em frente, procurar esquecer a importância que se dá a quem não se merece!
e buscar ser feliz!
bom dia pra vc!!
xero!

Bia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bia disse...

Olá, Mônica! Agradeço a retribuição da visita, e certamente virei até aqui mais vezes!

Lendo sua postagem, sinto que já passei por situações semelhantes... é chato, nos perguntamos realmente o que aconteceu com aquela amizade, ou com aquele amor, antes tão presentes nas nossas vidas... mas com o tempo, apesar da dor, vi que nós e as pessoas tomamos rumos diferentes, e isso, às vezes, modifica um pouco as relações.

Tive essa sensação ao término da faculdade... tinha amigas, saíamos juntas, nos falávamos mais... esse contato foi se perdendo com o tempo. Fiquei triste... queria que fosse diferente, afinal, foram quatro anos de convivência. Mas essa foi mais uma fase da minha vida, cheia de lembranças e aprendizados...

Gostaria de saber se posso linkar seu blog.

Abraços... tenha um bom dia!

Déia disse...

As pessoas levam tempos diferentes para amadurecerem...

Tempo diferentes para entenderem uma situação, lidarem com frustrações,digerirem aprendizados...

O sorriso amarelo não necessariamente signifique que não foi importante!

Pode ser justamente o contrário! Foi tão importante, que ainda não sei lidar com a relação de simples amigos!

Veja bem, tudo tem pelo menos 3 lados!

bjinhos

exoticlic.com disse...

é tem pessoas que tem relacionamentos e amizades mas quando passa já era vc realmente não será nada já outras são bem carismaticas, mas tbm temos que ver se quando encontramos alguem ser aquela pessoa não tá mal, podre por dentro.
quando eu to mal mal falar consigo então se fossemos conhecidas e um dia to fria com alguem não é com aquele alguem é comigo mesma!

Mauri Boffil disse...

é a cultura do descartável... =/
bjs

Bia disse...

Obrigada, Mônica! Coloquei seu link lá... até a próxima!

GaB. disse...

isso é horrivel. nao levando em conta a parte de dar valor e tal. é horrivel quando encontramos alguem, que de alguma forma nos marcou com felicidade, e ela mostrar exatamente o contrario. :/
triste até.
Beeeijos.

Clara disse...

realmente Monica, as a importancia é so pra nos, a intensidade foi só do nosso lado.
beijo e desculpe as ausencias pois estou me recuperando estava doente...as poucos vou voltando.

Rafael Belo disse...

Pobre de quem pensa ou age como se não fosse nada; Perde e é o dono a real pobreza: de espírito. Beijos bela Nikinha

Karol disse...

Hunf...sei bem o que é isso..pessoas que não importam.. mas é simples, eu também não me importo! Nem quando são pessoas próximas ( o que é muito pior do que quase desconhecidos) ...
bjooos

Ruy disse...

E daí bate aquela vontade de ir atras da pessoa e falar "escuta aqui, meu amigo. Quem você pensa que é? Seu mer..", mas dai você pensa que não vai valer a pena e segue seu caminho remoendo aquilo dentro de você...

Bjo

Déia disse...

To postando selinho pra vc cunhadinha! rs
bj